e-mail marketing

Criando um e-mail marketing poderoso: 11 dicas que funcionam


Posted by: Alexandre on 1 de abril de 2020 | No comments

Está cansado de enviar mensagens para os seus leads ou clientes e perceber que o conteúdo nem é aberto e fica acumulado na caixa de entrada? Então, descubra aqui como reestruturar seu e-mail marketing para fazê-lo funcionar de verdade.

Postagens em redes sociais, blog posts e materiais ricos, como e-books, são essenciais para uma boa estratégia de marketing digital. Porém, outro componente chave nesse cenário é o e-mail marketing, que nada mais é do que o contato por mensagens de e-mail entre a empresa e o seu público-alvo.

Essa ferramenta é importante para promover conteúdos de newsletter, promoções, novos produtos, pesquisas, entre vários outros aspectos. Dessa maneira, é essencial que você tenha um bom plano de e-mail marketing para nutrir seus leads ao longo de toda a jornada de compra, bem como fidelizar os seus clientes.

Porém, como atingir esses objetivos com mensagens, de fato, atraentes? É isso que vamos demonstrar com as dicas listadas ao longo do texto. Venha conferir!

1. E-mail marketing não pode ser spam

Ver as suas mensagens de e-mail filtradas como spam é um dos grandes medos de uma empresa. Para que isso não ocorra, fuja das listas de contatos compradas. Afinal, ninguém gosta de receber um conteúdo que não pediu ou no qual não tem interesse.

2. O título da mensagem deve ser impactante

Para que um e-mail se diferencie na caixa de entrada do seu lead ou cliente, é preciso que o assunto seja atrativo. Do contrário, a pessoa nem vai abrir a mensagem. Sendo assim, invista em um título “matador” e que não seja grande. O ideal é mantê-lo com 20 a 40 caracteres e sempre trabalhar na dor do seu lead.

3. Texto e imagem devem ser usados de forma equilibrada

No e-mail marketing, você precisa ser objetivo. Então, nada de criar mensagem que mais parecem um blog post, pois o risco do usuário nem terminar a leitura é muito grande.

Em contrapartida, carregar o conteúdo apenas de imagens também não é positivo, pois deixa a mensagem mais superficial. 

Além disso, o servidor de e-mail pode não conseguir ler as gravuras e desformatar a apresentação, proporcionando uma experiência ruim para o leitor. Então, a dica aqui é: tenha equilíbrio.

4. As mensagens de e-mail marketing personalizadas são mais atrativas

Insira o nome do usuário no corpo do e-mail, pois isso faz com que a mensagem seja mais bem recebida. Também opte por colocar uma pessoa real como remetente ao invés de utilizar endereços automáticos. 

Isso ajuda o destinatário a criar um vínculo maior com a empresa, bem como torna possível para ele responder o contato com dúvidas sobre o conteúdo.

5. Testes devem ser muito utilizados

Faça muitos testes até descobrir a melhor estratégia de e-mail marketing para o seu negócio. 

Uma ótima opção é o teste A/B, que consiste, basicamente, no envio de um mesmo conteúdo duas vezes só que em formatos diferentes. A ideia é observar qual dos visuais será mais bem recebido pelo público.

6. O uso de mensagens segmentadas deve ser prioridade

Nada de elaborar um e-mail padrão e dispará-lo para toda a sua lista de contatos, pois assim você não estará acompanhando a jornada de compras do usuário e nem falando diretamente com a sua dor.

O importante é segmentar sua base de leads, de modo a identificar os desejos e as necessidades de cada indivíduo. Assim, será possível entregar um conteúdo personalizado para o seu público, aumentando o engajamento e a conversão.

7. A estratégia de e-mail marketing deve focar no conteúdo e não apenas nas vendas

O envio de e-mail marketing não deve estar restrito às propagandas. Como mencionamos no início do texto, ele tem diversas funcionalidades e uma delas é o envio de conteúdo relevante.

Sendo assim, vale a pena criar newsletter com os posts novos da semana, trazer alguma reflexão sobre acontecimentos que estão impactando o mundo, sugerir alguma atividade prazerosa para o final de semana etc.

8. O envio constante de e-mails é um tiro no pé

Um erro bem comum em muitas estratégias de e-mail marketing é realizar envios quase que diários para a lista de contatos. Isso acaba cansando o remetente e pode fazê-lo se afastar da empresa ao invés de aumentar o engajamento. Portanto, apenas dispare mensagens quando tiver algo, realmente, relevante para apresentar.

9. O texto precisa transmitir credibilidade

Textos de e-mail com muitos erros de português ou que apresentam dados sem fonte, por exemplo, não transmitem credibilidade. Isso, consequentemente, faz com que a mensagem não seja levada muito a sério e pode até manchar a reputação de uma marca. Desse modo, escreva um conteúdo bem elaborado e o revise com atenção.

10. Anexos devem ser evitados

O uso de anexos em e-mail está associado, muitas vezes, a mensagens que apresentam conteúdo malicioso ou algum vírus. Por isso, os provedores acabam direcionando o material diretamente para a caixa de spam. Sendo assim, coloque tudo o que precisa ser transmitido no corpo da mensagem.

11. O CTA das mensagens de e-mail marketing deve estar sempre visível

Todo e-mail enviado por equipes de marketing tem o objetivo de levar o leitor a tomar determinada ação. 

Isso inclui assistir a um vídeo, comprar um produto, ir para o blog da empresa etc. Sendo assim, é importante que o call to action (CTA) da mensagem esteja sempre visível para o leitor e não apresentado apenas no final do texto.

De posse de todas as dicas apresentadas, temos certeza que será muito mais fácil criar uma estratégia de e-mail marketing eficiente na empresa onde atua e aumentar o engajamento.

Então, chega de desperdiçar tempo e dinheiro com mensagens que nunca serão lidas ou que caem no esquecimento poucos minutos depois de serem abertas. Assim, coloque em prática tudo o que explicamos ao longo do texto a partir de agora.

Tem mais alguma dúvida sobre o assunto? Escreva a sua pergunta aqui nos comentários que vamos respondê-la em breve!


Deixe seu comentário

Recomendar
6
Tweet
Compartilhar
Ordenar por Mais votados